Pontões, Congos, Reisado e Irmandade do Rosário de Pombal são reconhecidos como patrimônio cultural imaterial da PB

-

Os grupos Irmandade do Rosário, Pontões, Congos e Reisado do município de Pombal agora são reconhecidos como patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba. Isso porque foi sancionada nesta quinta-feira (14) e publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (15) a lei nº 12.088, de autoria da deputada estadual Pollyanna Dutra, que destaca e reconhece a importância desses movimentos culturais, que marcam a história da fundação do estado da Paraíba.

“A Festa do Rosário de Pombal, tradição que se mantém no município há mais de 120 anos, é também o momento da reunião de diversos grupos que carregam a história e a cultura do município e do Estado da Paraíba. Pelo menos uma vez por ano, ocupam as ruas e as praças centrais pombalenses a Irmandade do Rosário e os grupos Pontões, Reisado e Congos, trazendo consigo as marcas de um passado de resistência, fé e luta da população local”, destacou a parlamentar, na justificativa da sua matéria.

- Continua depois da Publicidade -

Pombal foi o primeiro núcleo de colonização do Sertão da Paraíba e a resistência desses grupos culturais demarca a relevância dessa história, conforme Dutra.

“Esses grupos são remanescentes de africanos e são movimentos que foram trazidos da África por negros convertidos. Eles, ao longo dos anos, por meio dos grupos, faziam filantropia e utilizavam o dinheiro para libertar negros escravizados e amparar famílias desassistidas. Essa é apenas uma parte dessa rica história que, ao lado da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, que tem características barrocas e completou 300 anos em 2021, preserva uma cultura, uma história que precisa ser contada à Paraíba. São mais de 300 anos da nossa igreja e mais de 100 anos desses grupos, que demonstram a riqueza que nossa terra carrega”, explicou Pollyanna.

“Essa é uma relíquia que temos que preservar. Como filha da terra, como sertaneja, como paraibana, vejo a importância de destacar a relevância desses grupos culturais e de tudo que está arraigado nesta terra, que não podemos deixar o vento levar. Fico muito feliz em poder homenagear e mostrar à Paraíba o que esses grupos representam para nós. História linda que temos a contar a todo o Estado. Eu não poderia deixar de homenagear esses grupos tão importantes, sobretudo neste ano, em que comemoramos os 300 anos da Igreja de Nossa Senhora do Rosário”, finalizou.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui