Felipe Leitão reafirma apoio a pré-candidatura de Mersinho Lucena

-

O deputado Felipe Leitão (Avante) revelou que a “semelhança ideológica” é o principal requisito que o levou a abraçar a pré-candidatura de Mersinho Lucena a deputado federal. A revelação foi feita pelo deputado, neste quinta-feira (4), ocasião em que ele participava da inauguração do Museu da Cidade de João Pessoa.

Ao confirmar apoio ao projeto político de Mersinho, Felipe Leitão disse que a ideia é marchar juntos nas eleições de 2022. “Estamos fazendo uma dobradinha, não só em João Pessoa, mas extensiva a outros municípios. Felipe Leitão, para deputado estadual, e Mersinho para deputado federal”, ressaltou o parlamentar.

- Continua depois da Publicidade -

Felipe Leitão acrescentou que ele e Mersinho são jovens e da nova geração  da política paraibana, outro fator convergente considerado pelo deputado para selar a dobradinha.

Retorno à ALPB

O deputado informou que se afastou do cargo de secretário de Desenvolvimento Social do Município de João Pessoa porque precisou retornar à Assembleia Legislativa para dar encaminhamento as suas emendas impositiva.

“Na verdade, atendendo a um apelo dos prefeitos que nos apóiam, que compõem a nossa base política”. disse.

Secretaria

Sobre a possibilidade de voltar à secretaria municipal, Felipe Leitão disse que a questão depende exclusivamente do prefeito da Capital.

“Se retornarei ou não à Secretaria, só o prefeito Cícero Lucena poderá dar essa resposta, em tempo oportuno”, finalizou.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui