Em JP e CG: Energisa negocia débitos com até 65% de desconto a partir desta segunda

-

A Energisa vai iniciar a negociação de débitos com os clientes da Capital paraibana a partir desta segunda-feira (29). Esta é uma oportunidade de quitação com até 65% de desconto. No município de Campina Grande também acontecerá o mesmo mutirão.

Em João Pessoa, a negociação é válida até o dia 03 de dezembro de 2021 e está sendo feita na tenda armada no Parque Sólon de Lucena (Lagoa), das 08h às 16h30.

- Continua depois da Publicidade -

Já em Campina Grande, seguindo as mesmas datas e horários da Capital, a negociação acontecerá na Praça da Bandeira, no Centro daquela cidade.

Para negociar o débito, basta ir até a tenda e apresentar documento com foto e uma conta de energia da unidade consumidora.

A Energisa vem realizando mensalmente ações de negociação em diversos locais da Paraíba, seguindo um calendário. Os mutirões são feitos em parceria com os Procons dos municípios e do estado.

Cadastro na Tarifa Social

Além da renegociação, os clientes que consomem até 220 kWh por mês podem se cadastrar na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), que oferece descontos na tarifa de energia que vão de 10% a 65%.

Para saber se tem direito ao benefício, basta o cliente ir até o ponto de atendimento da Energisa levando uma conta de energia, documento com foto e o número do NIS.

Caso não tenha o NIS, o interessado deve procurar o CRAS ou a prefeitura da cidade e, em seguida, ir até a agência da Energisa.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui