Manifestantes contra obrigatoriedade do passaporte sanitário protestam em frente à Assembleia Legislativa

-

Um grupo do Movimento em Defesa da Legislação e da Vida realizou um protesto, na manhã desta terça-feira (14), em frente ao prédio da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), no Centro da Capital. Os manifestantes contestavam a obrigatoriedade da apresentação do comprovante de vacinação nos locais fechados do estado.

O movimento objetiva aprovar um requerimento de audiência pública para debater a revogação da lei que instituiu o passaporte sanitário no estado, obrigando a apresentação do comprovante de vacinação em espaços fechados, a exemplo de bares, restaurantes e casas de show.

- Continua depois da Publicidade -

“Temos o direito de poder sair, ir a um restaurante e comprar o que nós queremos comprar porque nós pagamos os nossos impostos e temos os mesmos direitos que as outras pessoas também têm. Somos contra a imposição desse passaporte sanitário”, afirmou Isaura Farias, advogada representante do grupo.

A advogada disse que o movimento não é antivacina, mas, “luta pelo direito de ir e vir”. No entanto, ela alegou que a manifestação foi motivada também por relatos de efeitos adversos de pessoas que tomaram a vacina. “Não se sabe as consequências a curto, médio e longo prazo. E quem vai se responsabilizar pelos problemas que podem surgir?”, questionou.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui