Eleições 2022: Oposição ainda bate cabeça

-

Por Valter Nogueira

Lígia Feliciano, Veneziano Vital, Pedro Cunha Lima, Luciano Cartaxo e Cabo Gilberto. A preço de hoje, cinco virtuais candidaturas ao governo da Paraíba nas eleições de 2022, na ala oposicionista. Mas, há quem defenda apenas quatro candidaturas!?

- Continua depois da Publicidade -

Números e especulações à parte, o mérito da questão não está na quantidade de candidatos, mas sim na estratégia que a oposição deve esboçar para enfrentar o projeto de reeleição do governador João Azevêdo.

– Isso, claro, se a oposição deseja levar a eleição para o segundo turno.

Até o momento, o que se viu foi fatos pontuais. O mais recente diz respeito ao retorno de Luciano Cartaxo ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Nesta segunda (20), Pedro deve ser lançado – oficialmente – pré-candidato ao governo da Paraíba pelo PSDB em face da desistência de Romero Rodrigues.

Antes, porém, houve o desembarque do Clã Feliciano do governo João Azevêdo. Em paralelo, se fala até da possível candidatura do pastor Sérgio Queiroz – será!?

Por outro lado, o deputado Wallber Virgolino diz que não vai embarcar em “projeto pessoal”.

Em resumo, nada de impactante até o momento.

Fim

A oposição ainda bate cabeça!

Tem nomes anunciados, mas não tem ainda uma candidatura de peso que empolgue o eleitorado paraibano, muito menos uma estratégia ou plano bem traçados.

Em tese, há várias oposições, mas como que em uma Torre de Babel – não falam a mesma língua.

É preciso afinar o tom!

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui