Ouvinte tem nova opção de jornalismo comentado na rádio Tabajara

-

Rede de rádios começa a transmitir o programa neste sábado (9), que pode ser acompanhado também no Youtube da Tabajara

A partir deste sábado (9), o Revista Estadual começa uma nova rede de rádios para a transmissão do programa. As Rádios Maringá, de Pombal, e a Rádio Integração, do Brejo de Bananeiras, além da Rádio Web Quintal, de João Pessoa, irão compor uma rede estadual com a Rádio Tabajara para a transmissão do programa, que começa às seis da manhã.

- Continua depois da Publicidade -

Com três horas de duração, os profissionais da comunicação, os jornalistas Luiz Henrique, Agê Santana, Meyri Gomes e o radialista Humberto Alexandre fazem um “noticiário bem comentado”.

No programa deste sábado tem participação dos repórteres das emissoras da rede, com notícias regionais. “O ouvinte de rádio jovem e o tradicional, precisa de boas opções de informações, com liberdade e qualidade, e assim estamos fazendo o Revista Estadual”, diz o jornalista Luiz Henrique.

Com uma pauta diversa, o programa fará uma discussão sobre a doença de Alzheimer e suas consequências para a família do paciente; a polêmica do transporte escolar universitário de Pombal e as atrações da Festa da Padroeira de Monteiro, além de notícias da política, serão destaques neste sábado, e tudo de forma comentada. Os ouvintes também poderão participar via whatsapp e através do telefone da Rádio Tabajara. O programa tem três horas de duração e já entra na sua 16ª edição.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui