Prefeito Cícero Lucena autoriza início das obras do Parque Linear do Roger

-

Equipamento terá área de lazer e plano de desenvolvimento social

O fechamento do lixão do Roger, há 20 anos, resolveu um dos mais complexos problemas socioambientais da história da Capital. Nesta segunda-feira (27), o prefeito Cícero Lucena, que também era o gestor da cidade na época, autorizou o início das obras que prometem escrever uma nova história para o mesmo local – hoje com o solo recuperado da degradação, será transformado em um parque linear, em uma área de 35 hectares. O investimento é de R$ 55 milhões para a construção do equipamento, que além de áreas de lazer e conveniência, terá um plano de proteção ambiental e de desenvolvimento social.

- Continua depois da Publicidade -

“Minha gratidão a Deus por estar vivendo esse momento. O primeiro foi tão doloroso por conta da questão social, da injustiça, da sobrevivência desumana que tinham os catadores aqui. Nessa primeira etapa, que é de contenção para protegemos o mangue, vamos preparar o terreno para as outras edificações, para atividades culturais, para museu, para prática de esporte, entregar o caminhada, área para caminhada”, explicou o prefeito, que esteve acompanhado do vice, Leo Bezerra, vereadores e secretários.

O coordenador da Unidade Executora do Programa João Pessoa Sustentável, Antônio Elizeu, infirmou que a primeira etapa será concluída no fim de maio de 2024 e a segunda em setembro. “É com orgulho imenso que nós estamos devolvendo esse parque, que vai ser bom para os residentes locais, mas também para toda a população. É um presente que o prefeito está dando, mas está ganhando, que ele lutou por isso e está a fazer um grande parque aqui. Um antigo lixão transformado em vida”, afirmou.

O Parque do Roger será construído em duas etapas, por meio do programa João Pessoa Sustentável. A primeira etapa, com valor estimado de R$ 21 milhões, contemplará as seguintes intervenções: recuperação ambiental com contenção periférica e drenagem perimetral de lixiviados; drenagem passiva de biogás; modelagem geométrica do maciço; rede viária interna do parque, ciclovia e calçada; rede de drenagem de águas pluviais e iluminação pública.

A segunda fase do projeto terá investimento de R$ 32 milhões e prevê a construção de setor administrativo, um centro de produtividade e profissionalização socioambiental, espaço de jogos, com quadras poliesportivas, setor de lazer contemplativo e áreas de trilhas, uma espaço infantil, setor de artes e cultura, além de setor de proteção socioambiental.

Planejando a cidade – A construção de parques lineares na cidade, transformando áreas antes subutilizadas em imensos espaços de lazer e convivência, faz parte de um planejamento da gestão municipal para que João Pessoa continue com uma das melhores qualidades de vida do País, mesmo sob o impacto do crescimento populacional e desenvolvimento econômico. O parque Linear do Roger é o quinto a ter obras iniciadas.

Confira outros projetos:

Parque da Cidade – Localizado no Aeroclube, já teve a conclusão do projeto viário, com o alargamento de vias, criação de faixas de rolamento e rotatórias, num plano de mobilidade urbana que está impactando positivamente o trânsito da região. O projeto ainda prevê a construção de um viaduto e as áreas de convivência do parque.

Parque das Três Ruas – Localizado nos Bancários, as obras de construção de espaços de lazer e áreas de convivência estão bem avançadas. O projeto se destaca pela extensão, ligando as Três Ruas de uma ponta a outra, até se conectar à ponte que está sendo construída pelo Governo do Estado, que vai ligar os Bancários com a Cidade Universitária.

Parque Linear do Valentina – Está sendo construído ao longo da avenida principal do Valentina, a partir do Batalhão. São três áreas imensas: mais de 13 mil metros quadrados de urbanização; 10 mil metros quadrados de pavimentação e 12 mil metros quadrados de calçadas para passeio. O cronograma está sendo seguido à risca, como trabalhos bem adiantados.

Parque Linear da Avenida Hilton Souto Maior – Um dos corredores mais importantes para a mobilidade urbana da Capital, na região entre José Américo e Mangabeira, está sendo requalificado, ganhando calçadas padronizadas e projetos paisagísticos. Depois da execução do projeto urbanístico, a Prefeitura vai iniciar as intervenções viárias, com a criação de uma terceira faixa para o trânsito.

Fonte: Secom-JP

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui