Sudema mostra 15 trechos de praias impróprios para o banho no litoral paraibano

-

Residentes e turistas que chegam à Paraíba devem ficar atentos aos trechos considerados impróprios para banho, neste fim de semana, no litoral paraibano. Relatório da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) aponta que 15 trechos estão impróprios ao longo dos 128km de costa.

A cidade de João Pessoa lidera o número de locais impróprios, com 11 dos 20 trechos monitorados considerados não próprios. Ainda constam no relatório trechos impróprios no município de Pitimbu, no Litoral Sul.

- Continua depois da Publicidade -

Já todas as praias dos municípios de Baía da Traição, Cabedelo, Conde, Lucena, Rio Tinto e Mataraca foram considerados próprios pela Sudema.

Análise

O relatório foi obtido com análises feitas entre os dias 25 e 29 de dezembro. Ele é válido até 05 de janeiro de 2024.

Confira os trechos:

Litoral da Paraíba: trechos de praias impróprios em João Pessoa:
Manaíra – Em frente ao N° 1461 da Av. João Maurício
Manaíra – Em frente ao N° 315 da Av. João Maurício
Manaíra – No final da Av. Ruy Carneiro
Cabo Branco – No final da Rua Gregorio Pessoa de Oliveira
Farol do Cabo Branco – Em frente a galeria de águas pluviais
Seixas – No final da Av. das Falésias
Penha – Em frente a desembocadura do Rio Cabelo
Penha – Em frente a desembocadura do Rio Aratu
Jacarapé – Em frente a Rua do Centro de Convenções
Arraial – Em frente a desembocadura do Rio Cuiá
Sol – Em frente a desembocadura do Riacho Camurupim

Litoral da Paraíba: trechos de praias impróprios em Pitimbu:
Maceió – Em frente a desembocadura do riacho Engenho Velho
Ponta dos Coqueiros – Em frente a desembocadura da Lagoa
Acaú/Pontinha – Em frente a desembocadura do Rio Goiana
Azul/Santa Rita – Em frente as galerias de águas pluviais

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui