CRM-PB arquiva sindicância contra médico flagrado agredindo a companheira

-

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) decidiu encerrar a sindicância que investigava o caso de agressão envolvendo o médico João Paulo Casado e sua companheira. No entanto, o processo criminal contra o médico continua aguardando audiência no Juizado de Violência Doméstica e Familiar.

O caso veio à tona a partir de imagens divulgadas nas redes sociais mostrando o médico agredindo a companheira em pelo menos dois episódios, um deles na frente do filho do casal, dentro de um elevador. As cenas foram capturadas pelas câmeras de segurança do condomínio onde ele reside, no bairro dos Estados.

- Continua depois da Publicidade -

João Paulo chegou a se apresentar na delegacia de Polícia Civil, porém se manteve calado durante os questionamentos realizados pela Polícia.

Em consequência da repercussão do caso, à época, João Paulo foi afastados de suas funções em hospitais do Governo do Estado e da Prefeitura de João Pessoa, onde trabalhava anteriormente.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui