Publicado decreto de desapropriação do Hotel Tambaú

-

Nesta quinta-feira (23) o Semanário Municipal trouxe a publicação do decreto que torna o Hotel Tambaú um bem de utilidade pública. Agora, o imóvel será desapropriado para adoção de medidas de preservação e conservação da estrutura e futura utilização como equipamento turístico.

Uma comissão fará uma negociação com os proprietários do hotel para a desocupação do local.

- Continua depois da Publicidade -

Atualmente o Hotel Tambaú está fechado, em deterioração pela falta de manutenção, acumulando dívidas e no meio de uma disputa judicial por sua posse.

Segundo o prefeito Cícero Lucena, o Hotel Tambaú tem uma importância histórica para o fomento do desenvolvimento turístico de João Pessoa e é preciso salvar o prédio.

Sobre o Hotel Tambaú

O Hotel Tambaú foi projetado pelo arquiteto Sérgio Bernardes e construído em 1971. Ele tem 173 apartamentos e uma área construída de 18.009,05 metros, sendo a construção de forma circular, constituído de um anel interno com dois pavimentos.

O imóvel possui construções acessórias, com a área construída de 6.009,05m², divididas em piscinas, quadras esportivas, paisagismo, postes de iluminação interna, lojas internas, anfiteatro, salão para festas e eventos, salas para reuniões, boate, bar à beira mar, restaurante e estacionamento.

A área total do terreno é de 38,2 mil metros quadrados, sendo a estrutura avaliada em R$ 131,96 milhões.

O primeiro hotel cinco estrelas da capital paraibana é um dos cartões postais da cidade.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui