João vai além das obras do Porto ao garantir desenvolvimento ao Litoral Norte

-

Por Valter Nogueira

A entrega da obra do canal de acesso ao Porto de Cabedelo é grande por si só, pois representa quebra de paradigma – um divisor de águas na história daquele terminal portuário. No entanto, o governador João Azevêdo foi além ao garantir desenvolvimento ao Litoral Norte a partir de obras estruturantes, algumas em andamento, mas com ponto culminante a acontecer em dezembro com a licitação para a construção da ponte que ligará a cidade portuária a Lucena, via Santa Rita/Forte Velho.

- Continua depois da Publicidade -

“O litoral Norte terá o mesmo desenvolvimento do Litoral Sul”, declarou João Azevêdo na manhã desta segunda-feira (11), em discurso feito durante a solenidade de entrega das obras do referido porto: galpões recuperados na área de operação, dragagem realizada no porto e o lançamento do programa Porto Cidade.

A propósito, a obra de dragagem do canal de acesso e bacia de evolução do Porto de Cabedelo faz com que o terminal posse a receber navios maiores, já que o afundamento do canal passou de 9,14 metros para 11 metros de profundidade. Navios de até 55 mil toneladas poderão atracar.

Porto

Ainda no evento, João Azevêdo informou que a administração do porto de Cabedelo continuará sob a responsabilidade do Governo do Estado por mais 30 anos.

Revelação

Sem mencionar nomes, o gestor estadual revelou que “gente” de Cabedelo tentou, com ingerências em Brasília, impedir que o Governo da Paraíba continuasse a administrar o Poto de Cabedelo por mais 30 anos. A concessão, primeira, expira em 2024.

Política

Na seara política, o gestor estadual reafirmou apoio à pré-candidatura de Ricardo Barbosa à prefeitura de Cabedelo nas eleições de 2024. Ex-deputado estadual, Barbosa é atualmente presidente da Companhia Docas – responsável pela administração do Poto de Cabedelo.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui