Fogão de R$ 80 mil, 30 cachorros Lulu da Pomerânia e móveis avaliados em R$ 3 milhões na granja de Padre Egídio

-

Durante a “Operação Indignus” desencadeada pelo Gaeco e Polícia Civil contra o Padre Egídio foi encontrado em uma propriedade do sacerdote 30 cachorros da Lulu da Pomerânia, além da constatação de uma “cozinha de luxo”, com fogão de R$ 30 mil. E mais, móveis rústicos avaliados em R$ 3 milhões. O sacerdote é acusado de desviar recursos do Hospital Padre Zé.

A informação foi divulgada pelo jornalista e apresentador, Clílson Júnior, durante o programa de rádio Arapuan Verdade FM, desta quinta-feira (5).

- Continua depois da Publicidade -

O fogão, que ornamenta uma cozinha de luxo, os os cachorros de raça e os móveis rústicos milionários foram encontrados em uma granja de propriedade do padre Egídio, no município do Conde, região metropolitana de João Pessoa.

O padre e ex-diretor do Hospital Padre Zé, Egídio de Carvalho, é um dos alvos dos mandados de busca e apreensão da operação deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba (Gaeco).

Além do pároco, outras pessoas da administração do hospital também são alvos da operação do Gaeco.
Entre outras, está a diretora administrativa do hospital, Jannyne Dantas, e a tesoureira da unidade hospitalar filantrópica, Amanda Duarte.

A operação tem como objetivo apurar os fatos que indicam possíveis condutas criminosas ocorridas no âmbito do Instituto São José, do Hospital Padre Zé e da Ação Social Arquidiocesana/ASA.

Lulu da Pomerânia

Cachorro da raça Lulu da Pomerânia pode custar até R$ 15 mil reais.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui