Vencedores do Inova Educação 2023 serão conhecidos hoje em sessão na ALPB

-

Após mais de 100 inscrições cadastradas, os três vencedores do prêmio Inova Educação 2023 serão conhecidos nesta segunda-feira (16), em Sessão Especial na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). O projeto, de iniciativa do deputado estadual Chió (Rede), premiará com mais de R$ 200 mil práticas inovadoras na educação da Paraíba, reconhecendo os esforços de escolas da Rede Pública de Ensino ou de Organizações Não Governamentais (ONGs) pela educação no estado.

Seis projetos concorrem aos prêmios, são eles: “Atletismo e ginástica na escola: o uso de materiais alternativos nas aulas práticas de educação física”, de autoria de Ramonn Lima, no município de Sertãozinho; “Boiblioteca”, com autoria de Paulo Roberto de Queiroz Vilar, em Taperoá; De Picuí, o projeto “Gravação de audiodescrição para vídeos de animação motivacional como ferramenta de inclusão para alunos com deficiência visual”, de autoria de Jordânia da Costa Pereira, também está na lista.

- Continua depois da Publicidade -

Outra prática finalista vem de Soledade, com o projeto “O ensino de educação financeira numa perspectiva investigativa: explorando e discutindo conceitos matemáticos através da realização de um júri simulado”, de autoria de José Joálisson Alexandrino de Araújo; “Identidade e memória: o autorretrato na construção do eu”, de autoria de Radamés Alves Rocha da Silva; e “Plataforma gamificada de avaliação formativa e projeto de vida – Sapieduca”, de autoria de Jefferson Justino de Queiroz, ambos de Esperança.

A solenidade ocorre a partir das 14h30, em João Pessoa, na Casa de Epitácio Pessoa. Contando com apresentação do Coral Projeto Prima, a premiação será transmitida ao vivo pela TV Assembleia no canal 8.2 ou canal da Casa de Epitácio Pessoa no YouTube.

As práticas inovadoras receberão Moção de Louvor a ser entregue na Assembleia Legislativa da Paraíba; certificação de escola inovadora sede do projeto; divulgação da prática/projeto permanente em ambiente virtual, denominado de Banco de Práticas Inovadoras em Educação.

Além disso, as escolas ou organizações de sede dos projetos mais bem avaliados terão recursos através de Emenda Parlamentar destinados para despesas de capital. Os recursos aplicados nas escolas e/ou organizações serão de R$80, 70 e 60 mil para, respectivamente, os três projetos melhor avaliados.

Ao todo, 103 práticas oriundas de 41 cidades paraibanas concorrem aos prêmios na edição de 2023, mais que o triplo do que foi registrado no ano passado. A premiação foi criada em 2021 e contou com 25 práticas inovadoras de 12 cidades paraibanas concorrendo. No ano seguinte, o prêmio registrou 32 inscrições de 15 cidades.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui