Bandidos queimam trem e ônibus no maior ataque ao transporte público do Rio

-

A cidade do Rio de Janeiro viveu uma segunda-feira (23) de caos e de terror, após bandidos incendiarem 35 ônibus, carros de passeio e um trem depois da morte de um miliciano da Zona Oeste da cidade.

São cenas de uma tarde em que a Zona Oeste do Rio viveu o terror. Mais de 30 ônibus e até carros de passeio foram incendiados em nove bairros: Santa Cruz, Paciência, Cosmos, Inhoaíba, Guaratiba, Campo Grande, Recreio, Sepetiba e Madureira, na Zona Norte. Só nesses locais vivem mais de 1 milhão de pessoas.

- Continua depois da Publicidade -

Quem passava pela região, registrava imagens assustadoras de veículos em chamas. Imagens mostram o momento em que um homem ateia fogo em um dos ônibus. Outra registra o desespero de passageiros fugindo às pressas de um ônibus que acabava de ser atacado pelos criminosos. Uma mulher chega a cair no chão e é socorrida.

Por questão de segurança, o sistema do BRT suspendeu a circulação de várias linhas que cruzam a Zona Oeste.

Em um local, o fogo acabou atingindo cabos de energia. Na Avenida Brasil, um caminhão foi colocado para interditar quatro pistas no sentido Santa Cruz. Um trem também foi atacado por bandidos.

A Polícia Civil afirma que os ataques foram uma reação da milícia a uma operação que matou Matheus Resende, de 24 anos. Ele era sobrinho do chefe da milícia que atua nessa região e apontado como o número 2 na hierarquia do bando que domina e aterroriza moradores da Zona Oeste.

Na mesma operação, um menino de 10 anos, que estava dentro de casa, foi atingido na perna, levado para o hospital e já teve alta.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui