Novo diretor do Hospital Padre Zé diz que encontrou “situação caótica”

-

A “situação é “caótica” no Hospital Padre Zé, segundo revelou o novo diretor da unidade filantrópica de saúde, padre George Batista, em entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, no noite dessa segunda-feira (23). Ele assumiu a direção do hospital após o escândalo envolvendo o então diretor, padre Egídio de Carvalho.

“Estamos a frente do hospital há trinta dias. A situação é caótica. Eu já não tenho lágrimas de tanto chorar. Porque para você ter uma ideia, quarta-feira tava faltando remédio. E nós providenciamos. Essa semana eu tive que pedir esmola a donos de supermercado. E graças a Deus um deles foi maravilhoso, e conseguimos o material”, revelou o religioso durante a entrevista.

- Continua depois da Publicidade -

Durante a entrevista, Padre George disse que um dos pontos que o revolta é que apenas um dos apartamentos de padre Egídio poderia pagar toda a dívida do hospital.

“Um apartamentozinho no Cabo Branco paga toda a minha dívida. É isso que me revolta”, desabafou. “Basta um”, enfatizou.

Escândalo

O escândalo no Hospital Padre Zé veio à tona em setembro passado, após uma denúncia de furto de celulares no local. Os equipamentos haviam sido doados pela Receita Federal para o hospital e deveriam ter sido vendidos em um bazar beneficente para angariar recursos para o hospital.

Os celulares foram furtados e vendidos e as investigações apontam para o envolvimento do Padre Egídio de Carvalho, que era diretor-presidente da unidade, e o ex-funcionário Samuel Segundo.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui