Prefeitura apresenta conjunto de ações de proteção e requalificação da Orla de JP

-

Preservar a Orla Marítima da Capital para seus moradores e, ao mesmo tempo, torná-la ainda mais atrativa para quem visita a cidade na perspectiva do turismo. Tudo isso em meio a um cenário que aponta João Pessoa com o maior crescimento populacional do Nordeste – segundo o último Censo do IBGE -, desafios que o prefeito Cícero Lucena enfrenta com um conjunto de ações, que foram apresentadas, nesta terça-feira (24), a um comitê gestor resgatado pela gestão municipal para fazer parte dessa construção.

Durante encontro na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), na Avenida Cabo Branco, o prefeito ressaltou que o projeto da Prefeitura para a Orla conta com algumas ações em andamento, a exemplo da proteção da calçadinha de Cabo Branco e Academia ao ar Livre na mesma região. Outras obras estão em planejamento no Bessa, Manaíra e Seixas. Cícero Lucena assegurou que a Prefeitura está fazendo tudo isso dialogando com a população, razão pela qual resgatou o Comitê Gestor da Orla, com representantes do poder público e segmentos da sociedade civil.

- Continua depois da Publicidade -

“Com essa responsabilidade e com esse compromisso eu compreendo que estamos marcando um novo momento, muito importante. João Pessoa cresce cada vez mais e isso aumenta a nossa responsabilidade, porque sem dúvida todo mundo tem vivido e percebido o quanto a cidade está uma referência nacional em termos de destino turístico. Todos podem colaborar com isso, reivindicando, cobrando, sugerindo e fazendo”, afirmou o prefeito.

A Prefeitura de João Pessoa conta com as secretarias de Planejamento, Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura, Defesa Civil e Turismo no Comitê, que tem mediação da Superintendência do Patrimônio da União (SPU). Giovanni Juseppi, que representa o órgão, disse que já realizou mais de 20 reuniões com a prefeitura, onde foi possível avançar com o Projeto Orla, dialogando com todos que fazem parte desse processo.

“Como morador de João Pessoa e, agora nessa função de superintendente, todos esses projetos são muito abraçados. Como também intervenções em área da União, que a gente está abraçando, entendendo esse momento de João Pessoa chegando a um milhão de habitantes. O Projeto Orla vem com essa dinâmica, e isso é democracia. A gente fala muito em democracia, que é você permitir, de verdade, num ambiente correto, escutar as opiniões canalizadas por todos os setores – de empreendimento, setor de ambulante, os moradores, o negócio imobiliário também”, afirmou.

A Secretaria Municipal de Planejamento fez a apresentação das ações contidas no Projeto Orla, submetidas ao Comitê Gestor. “É uma oportunidade de opinar, de conversar, de discutir, de sugerir para que a gente possa ter realmente aquela ordem de buscar se aproximar ao máximo e, principalmente, fazer com que a vontade da maioria consiga naturalmente prevalecer. A Orla é um dos nossos maiores patrimônios, talvez seja um dos mais bonitos de João Pessoa e desse Brasil, todos precisam participar”, afirmou o secretário de Planejamento, José William.

Além das ações já colocadas em prática na calçadinha de Cabo Branco e Academia ao ar livre, estão previstas as seguintes intervenções:

Orla do Bessa – Urbanização a beira-mar, com a criação de um calçadão para passeio e contemplação, acessos à Orla, que também terá uma obra de contenção, com a colocação de estacas-pranchas, a exemplo do que ocorre em Cabo Branco.

Manaíra – Projeto do Largo da Gameleira, que se estenderá pela Avenida João Maurício, até a Avenida Flávio Ribeiro Coutinho, para a devolução da segunda faixa de rolamento. Vai converter ciclofaixa em ciclovia, deslocando-a em direção a calçada.

Praça de Iemanjá – Projeto de reforma e requalificação da Praça Aprígio de Carvalho, com o resgate urbano da área, devolvendo para a população áreas de convívio e contemplação.

Projeto Sol Nascente – Reordenamento e reestruturação de bares e restaurantes, com boxes padronizados na Praia do Seixas. Centro de Apoio ao Turista – Equipamento na Orla de Tambaú, com serviços de informações aos turistas. Prevê a instalação de construções sustentáveis na área.

Fonte: Secom-JP

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui