Wallber Virgolino propõe instalação de CPI na ALPB para apurar o escândalo no Padre Zé

-

O deputado Wallber Virgolino (PL) propôs, nesta terça-feira (24), a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o “escândalo” no Hospital Filantrópico Padre Zé – alvo de investigação por desvio de recursos na gestão do padre Egídio de Carvalho. A decisão do deputado ocorre após revelações de Samuel Rodrigues, ex-servidor do Hospital, em que ele (Samuel) afirma participação de políticos no caso em questão.

Em discurso feito na tribuna da Casa Epitácio Pessoa, em que o áudio de Samuel foi reproduzido, o deputado Wallber pediu o apoio dos colegas, independente de cor partidária, para assinar o pedido de CPI. “Quero que a Assembleia seja protagonista em mais um escândalo de corrupção”, declarou Wallber, após propor a instalação da CPI.

- Continua depois da Publicidade -

Wallber disse, ainda, que é preciso apurar o destino dos recursos do Governo do Estado da Paraíba carreados àquela unidade hospitalar. “Tomei conhecimento que uma ala desativada do hospital continua recebendo recursos do Governo do Estado. O que acontece no Padre Zé precisa ser esclarecido o mais rápido possível”, defendeu.

Por fim, o deputado do PL revelou que relatos de familiares de pessoas internadas no hospital dão conta que muita gente morreu na unidade hospitalar por falta de medicamentos, por exemplo. “O hospital que deveria cuidar, salvar, se transformou em um lugar de corrupção, um lugar de matar por falta de recursos”, arrematou.

Requerimento

No último dia 11, o deputado apresentou um requerimento para a realização de uma sessão especial na Casa Epitácio Pessoa com o objetivo de esclarecer os fatos que envolvem o desvio de recursos no Hospital Padre Zé.

No mesmo documento, o parlamentar pede a convocação dos secretários Tibério Limeira (Administração) e Pollyanna Dutra (Desenvolvimento Humano) para prestarem esclarecimentos sobre o “esquema de corrupção” no Hospital.

O requerimento pede, também, a convocação do Padre Egídio, ex-diretor da unidade hospitalar e pivô do caso em questão, e Samuel Rodrigues, ex-funcionário do Hospital.

No aguardo

Em contato com o nosso blog, Wallber informou hoje que ainda espera a sessão especial e, por conseguinte, a convocação dos secretários citados, do padre Egídio e do funcionário Samuel.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui