PMJP reforça ações contra dengue e alerta população para a prevenção

-

Neste Dia Nacional de Combate à Dengue, celebrado em 21 de novembro, a Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), segue chamando a atenção da população para as ações de prevenção e combate. Para que esse trabalho obtenha êxito, é de fundamental importância a participação de todos na eliminação de possíveis focos do principal transmissor da doença: o mosquito Aedes aegypti.

De acordo com os números divulgados com base nos dados da Vigilância Epidemiológica do município de João Pessoa, de janeiro até outubro deste ano, foram registrados 3.486 casos confirmados de dengue, seis gestantes com dengue e um óbito causado pela doença.

- Continua depois da Publicidade -

“A Vigilância Epidemiológica de João Pessoa executa, durante o ano todo, ações voltadas para a prevenção e combate à dengue. Fazemos mutirões de limpeza, mobilização da população, mostrando como se deve evitar a proliferação de focos do Aedes aegypti. Também falamos da importância da participação de cada um para evitar que esse mosquito se reproduza, orientando sobre os potenciais criadouros que acumulam água parada”, alertou Danielle Melo, gerente de Vigilância Epidemiológica de João Pessoa.

Combate à dengue – A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS), vem focando seu trabalho em ações de combate à dengue onde, além da conscientização da população, existem ações como o Projeto de Educação Socioambiental na Prevenção das Arboviroses em escolas da rede municipal de ensino. O trabalho é executado em conjunto pelas secretarias municipal de Saúde (SMS) e de Educação (Sedec), levando aos alunos a importância da prevenção contra a dengue e outras doenças.

Outra frente de ação contra as arboviroses está diretamente ligada ao trabalho dos agentes de endemias que, além de eliminar focos do mosquito Aedes aegypti, levam informação e prevenção até a população, no sentido de eliminar os focos do principal agente transmissor das doenças.

Prevenção – Com ações simples, cada um pode ser um agente no combate à dengue, procurando evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Devemos eliminar seus potenciais criadouros com ações simples, colocando telas em portas e janelas, jogando fora objetos em desuso deixando o quintal sempre limpo. É importante lembrar de sempre tirar a água dos pratos de plantas, colocar garrafas vazias de cabeça para baixo, tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água limpa.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui