Hospital de Catolé do Rocha contabiliza mais de mil cirurgias em 2023

-

O balanço dos atendimentos em 2023 no Hospital Dr. Américo Maia de Vasconcelos, unidade da rede estadual na cidade de Catolé do Rocha, mostra a importância da unidade para a população daquela região do sertão paraibano. De janeiro a dezembro, o hospital realizou 43.165 consultas médicas, 823 cirurgias eletivas gerais, 41 ortopédicas e 1.121 pequenas cirurgias, com 2.690 internações em enfermarias e outras 179 em UTI. Ao longo do ano, o hospital, que também é referência para partos de baixa complexidade, registrou um total de 898 nascimentos.

No ambulatório foram 27.541 consultas com medicação, 9.805 consultas simples, 2.451 consultas com observação (quando o paciente após ser avaliado pelo médico fica na unidade algumas horas), 726 consultas cardiológicas e 2.642 consultas ortopédicas.

- Continua depois da Publicidade -

Na urgência, a unidade registrou 630 atendimentos gerais e mais 686 casos de vítimas de sinistros de trânsito ao longo do ano, totalizando 1316 entradas e assistência no setor. O Serviço Social realizou 5.570 atendimentos, enquanto a Fisioterapia 1.932. Em relação aos exames, o laboratório do hospital contabilizou 26.676 exames clínicos, no Raio-X foram 8.554 exames, 321 endoscopias e 18 colonoscopias.

Além das 823 cirurgias eletivas gerais, tais como, hernioplastias (tratamento de hérnia, sendo uma inguinal, outra incisional e uma umbilical), colecistectomia (retirada da vesícula biliar), colpoperineoplastia anterior e posterior (correção de defeitos na vagina e no períneo), histerectomia total (retirada do útero e do colo do útero), ooforectomia/ooforoplastia (retirada dos ovários), postectomia (fimose), vasectomia, apendicite, hemorroidectomia, entre outras, o hospital realizou ainda 1121 pequenas cirurgias (como retirada de cistos, sinais) e mais 41 cirurgias ortopédicas.

O diretor-geral do hospital, Fábio Cardoso, destaca que todas as cirurgias eletivas são agendadas pelo sistema RegNutes de regulação do estado e os pequenos procedimentos marcados no próprio hospital, após avaliação médica. Ele também lembra que as cirurgias ortopédicas passaram a ser ofertadas pelo serviço de Catolé a partir de novembro. “Este ano avançamos muito na assistência aos nossos pacientes com ampliação de serviços, implantamos a nossa UTI em julho, começamos a realização de cirurgias ortopédicas e no final do ano ampliamos os serviços do ambulatório incluindo Endocrinologia, Triagem oncológica, cirurgias de cabeça e pescoço e o Pré-Natal de Alto Risco”, reitera o médico, lembrando que o hospital passará também a realizar serviços de biópsias.

Ainda segundo o diretor, a chegada de um novo foco cirúrgico, de um novo arco cirúrgico e a ampliação das escalas médicas, autorizada pela SES, possibilitou ampliar as cirurgias na unidade. “Catolé deu um salto de qualidade e amplitude de assistência no ano passado e teremos mais novidades este ano”, enfatiza Fábio Cardoso. Desde outubro, lembra ele, os pacientes do Hospital Dr. Américo Maia de Vasconcelos não precisam mais se deslocar para Patos ou Sousa para realizar uma tomografia, caso necessitem do exame. O hospital formalizou um convênio com uma clínica da cidade e direciona essa demanda, enquanto a unidade realiza adequação de espaço para implantação e oferta do serviço na própria sede.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui