Governador João Azevêdo anuncia aumento salarial acima da inflação

-

O aumento prevê, também, mais 20% da bolsa desempenho para profissionais da Segurança e do Magistério 

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (15), o aumento salarial para o funcionalismo público, o pagamento do piso nacional dos professores, a incorporação de mais 20% da bolsa desempenho para as Forças de Segurança e do Magistério, além do reajuste do salário mínimo. O anúncio foi feito durante o programa semanal “Conversa com o Governador”, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara.

- Continua depois da Publicidade -

As medidas econômicas irão gerar um impacto superior a R$ 450 milhões na folha de pessoal em 2024.

O aumento salarial linear para os servidores efetivos ativos, inativos e pensionistas das administrações direta e indireta será de 5%. O valor fixado pela gestão estadual supera a alta da inflação do ano passado, que ficou em 4,62%. O reajuste também irá contemplar os servidores públicos inativos que não gozam de paridade.

O chefe do Executivo estadual também anunciou a incorporação de mais 20% da bolsa desempenho das Forças de Segurança e do Magistério. O gestor também garantiu o pagamento do Piso Nacional do Magistério que ficou fixado em 3,62% pelo governo federal. O percentual de reajuste ainda contemplará os professores prestadores de serviço.

Além disso, ficou assegurado o reajuste do salário mínimo em R$ 1.412,00, também em conformidade com o valor anunciado pelo governo federal.

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui