CAMPINA: STTP registra redução de número de óbitos por sinistros de trânsito no 1º semestre de 2023

-

A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), por meio do Núcleo de Estudos de Acidentes de Trânsito (NEAT), divulgou o balanço de sinistros de trânsito no primeiro semestre de 2023 (1º de janeiro a 31 de junho). Os dados são coletados pelos Agentes de Trânsito, nas ocorrências atendidas em parceria com o SAMU, e validados pelo núcleo, após aferição junto ao Hospital de Trauma e Corpo de Bombeiros.

Os números mostram que houve redução de 22% no número de óbitos devido a sinistros, quando os dados são comparados ao mesmo período de 2022. No primeiro semestre deste ano, houve 7 mortes. No ano passado, 9.

- Continua depois da Publicidade -

O NEAT registrou aumento no número de sinistros. Nos primeiros seis meses de 2023, houve 696 ocorrências. No mesmo período de 2022, 620. Um aumento de 12%. Quanto aos sinistros envolvendo motos, houve aumento de 5%. Em 2022, foram 521 (motos estavam presentes em 84% dos casos) e em 2023, 546 (78%).

No entanto, houve um aumento de 20% na frota de veículos de Campina Grande, segundo a Senatran, o que torna esses aumentos praticamente nulos. A frota em 2022 era de 69293 veículos. Em 31 de junho chegou a 83184.

Houve também o aumento do fluxo de veículos durante O Maior São João do Mundo. Em 2023, 7.801.405 veículos tiveram suas passagens registradas pelos equipamentos de fiscalização eletrônica. Em 2022, foram 6.358.602. Um aumento de quase 1,5 milhão de passagens de veículos, cerca de 23%.

Já as principais causas de acidentes neste primeiro semestre de 2023 foram: falta de atenção, com 186 casos; desrespeito à sinalização, 114 ocorrências; falta de distância entre os veículos, 67; ingestão de álcool, 58; desrespeito às normas de circulação, 58. Lembrando que mais de uma causa pode ser a motivadora do sinistro.

“Esses dados mostram que estamos no caminho certo na luta para salvar vidas no trânsito. Reduzimos as mortes e o aumento no número total de sinistros é basicamente anulado pelo crescimento da frota. No entanto, há a problemática dos sinistros com motociclistas e ainda há muito desrespeito à legislação de trânsito por parte dos condutores. Então aumenta nossa responsabilidade para intensificar as ações de sinalização, educação e fiscalização no objetivo de diminuir esses números”, explicou Carlos Dunga Jr., superintendente da STTP e presidente do NEAT.

Fonte: Codecom

Valter Nogueira
Valter Nogueira
Valter Nogueira de Amorim, jornalista profissional, é o editor-chefe do blog. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (1988). Atuou nos principais jornais impressos do Estado, tais como A União, O Momento, Correio da Paraíba e O Norte. No campo administrativo, foi secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa Rita (1997-2005), assessor de Imprensa da Prefeitura de Pedras de Fogo (2008). Exerceu, também, o cargo de gerente de Comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba, no período de fevereiro de 2015 a janeiro de 2019.

Compartilhe

Mais Lidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui